Novo concurso da Polícia federal é confirmado e conta com 2 mil vagas

O atual presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, confirmou o edital para o concurso público da polícia federal, para preencher mais de 2 mil vagas, cadastro de reserva e o chamamento de mais 600 já aprovados eme em lista de espera, ainda este ano. A divulgação foi realizada na tarde deste domingo, 02 de agosto, através da sua conta no Instagram.

“No corrente ano a Polícia Federal contará com mais 600 profissionais, bem como o novo Ministro da Justiça anunciou novo concurso para mais 2.000 vagas”, disse o presidente em seu perfil.

A notícia já tinha sido confirmada na última sexta-feira, 31 de julho, pelo ministro da Justiça, André Mendonça. Durante entrevista no programa “Os pingos nos is”, da Jovem Pan FM, André disse que em reunião conjunta com o presidente e também com o ministro da Economia, Paulo Guedes, ficou acordado um novo concurso da Polícia Federal.

“Estamos preparando os trâmites internos para abrirmos um concurso com cerca de 2 mil vagas para a PF. Nós vamos ter o maior efetivo da história da Polícia Federal”, revelou Mendonça.

Ainda não foram divulgados os cargos que estarão disponíveis no próximo concurso, mas tudo indica que o edital terá vagas para os mesmos cargos da solicitação de concurso que já havia sido realizada no início deste ano, pela própria polícia federal. Caso essa informação seja confirmada, o edital terá vagas para os níveis médio e superior. Veja a lista dos cargos que haviam sido solicitados pela polícia federal, no começo do ano:

  • Delegado – 100 vagas
  • Agente – 540 vagas
  • Escrivão – 300 vagas
  • Papiloscopista – 60 vagas
  • Administrador – 21 vagas
  • Arquivista – 08 vagas
  • Assistente social – 10 vagas
  • Bibliotecário – 01 vaga
  • Contador – 09 vagas
  • Economista – 03 vagas
  • Enfermeiro – 03 vagas
  • Engenheiro – 01 vaga
  • Estatístico – 04 vagas
  • Farmacêutico – 01 vaga
  • Médico – 65 vagas
  • Nutricionista – 01 vaga
  • Odontólogo – 11 vagas
  • Psicólogo – 05 vagas
  • Técnico em assuntos educacionais – 13 vagas
  • Técnico em comunicação social – 03 vagas
  • Agente administrativo – 349 vagas

Etapas do Concurso Polícia Federal PF

A primeira etapa do concurso público destina-se à admissão à matrícula no Curso de Formação Profissional e abrange as seguintes fases:

a) prova(s) objetiva(s), para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade do Cebraspe;

b) prova discursiva, para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade do Cebraspe;

c) exame de aptidão física, para todos os cargos, de caráter eliminatório, de responsabilidade do Cebraspe;

d) prova oral, somente para o cargo de Delegado de Polícia Federal, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade do Cebraspe;

e) prova prática de digitação, somente para o cargo de Escrivão de Polícia Federal, de caráter eliminatório, de responsabilidade do Cebraspe;

f) avaliação médica, para todos os cargos, de caráter eliminatório, de responsabilidade do Cebraspe;

g) avaliação psicológica, para todos os cargos, de caráter eliminatório, de responsabilidade do Cebraspe;

h) avaliação de títulos, somente para os cargos de Delegado de Polícia Federal e de Perito Criminal Federal, de caráter classificatório, de responsabilidade do Cebraspe.

A segunda etapa do concurso público consiste de Curso de Formação Profissional, de caráter eliminatório, de responsabilidade da Academia Nacional de Polícia, a ser realizado no Distrito Federal, podendo ser desenvolvidas atividades, a critério da Administração, em qualquer unidade da Federação.

Último concurso da Polícia Federal

Em 2018, a Polícia Federal abriu edital para preenchimento de 500 vagas. As oportunidades do concurso da Polícia Federal foram destinadas aos cargos de Agente Policial (180 vagas), Delegado de Polícia (150 vagas), Papiloscopista (30 vagas), Perito Criminal (60 vagas) e Escrivão (80 vagas). O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe Cespe/UnB) teve a responsabilidade do certame.

A Polícia Federal recebeu a participação de 147.744 inscritos. O cargo de maior procura foi o de Agente de Polícia Federal, com 92.671 interessados. Com 180 vagas, a concorrência geral foi de aproximadamente 514 candidatos por vaga.