Governo irá dispor Navios para ajudar a população no enfrentamento ao Corona vírus

Várias medidas estão sendo estudadas para auxiliar a população no enfrentamento da pandemia do COVID-19, e uma delas é a possibilidade de mobilizar navios para receber e tratar as pessoas de baixa renda que estajam infectadas.

Veja mais a respeito no decorrer deste artigo!

Navios e imóveis desocupados podem servir de posto de tratamento em caso de emergência

Um dos aspectos que estão sendo foco de muita preocupação é o fato de os hospitais acabarem se tornando pequenos epicentro do corona vírus. 

O medo da população em buscar os postos de saúde já é uma realidade. As próprias autoridades competentes já recomendam se dirigir a hospitais e unidades de pronto atendimento apenas em casos de sintomas avançados como dificuldades respiratórias.

Para evitar a lotação nos hospitais o governo em conjunto com uma série de órgãos competentes está analisando a possibilidade de equipar navios e espaços não utilizados com materiais necessários ao atendimento dos infectados.

A ideia é isolar e tratar adequadamente pessoas de baixa renda que teriam dificuldades em monitorar a sua alimentação e ter acesso a medicamentos de forma controlada.

Desta forma a lotação dos hospitais de cidades litorâneas poderia ter evitada ou diminuída. 

Para cidades distantes do litoral a alternativa seria utilizar espaços que estão parados, como prédios vazios ou ainda utilizar quartos de hotéis espalhados no interior do país. 

Exemplos pelo mundo

A ideia veio das iniciativas italianas de combate ao corona víruse poderá ser implementada inicialmente no estado do Rio de Janeiro e visa atender especialmente as pessoas provindas de comunidades carentes.

Segundo o governador do estado esta é atualmente a melhor solução pois o vírus poderá se espalhar muito rápido em decorrência da ocupação desordenada. 

Se tratam de aglomerações de pessoas dentro de suas próprias residências! O estado do Rio de Janeiro conta com muitas comunidades carentes onde a média habitacional é de famílias numerosas, entre 4 a 6 pessoas, residindo em casas de apenas 2 ou 3 cômodos apenas. 

No entanto outras medidas também estão em fase de análise, em especial as medidas de auxílio financeiro para ajudar quem tem dificuldade em manter o isolamento social devido a trabalho.