Auxílio emergencial foi concedido para mais de 2 mil brasileiro de alta renda somente em julho

A CGU descobriu através de uma investigação, que 2.163 brasileiros de alta renda que não se enquadravam nos requisitos para o auxílio emergencial, estavam entre os beneficiários programa, no mês de julho. Entre alguns dos beneficiários, tinham proprietários de automóveis como Porsche, Mercedez Benz e Chevrolet Camaro, que tem preços a partir de R$366 mil.

Além disso, a Controladoria-Geral da União também encontrou mais 590 proprietários de uma ou mais embarcações. Isso significa donos de, por exemplo, lanchas e veleiros que recebem o auxílio de R$ 600, além de um petroleiro. Entre 401 sócios de empresas identificados, foram encontrados alguns com empresas com mais de 600 funcionários e fornecedoras da União.

Foram encontrados também 779 CPFs de brasileiros com domicílio fiscal fora do Brasil. Ainda, a CGU identificou encontrou entre os beneficiários do auxílio o CPF de dois doadores de campanhas políticas de 2018. Eles fizeram doações de R$ 10 mil e R$ 11 mil e não cumprem aos requisitos da lei do auxílio emergencial.

Em junho, após cruzamento de dados, já haviam sido encontrados milhares de servidores públicos estaduais e municipais que receberam o benefício destinado a trabalhadores vulneráveis. Ao todo, no país, foram identificados 396.316 agentes públicos em maio, representando um gasto de R$ 279 milhões.

Após apuração, os casos são encaminhados ao Ministério Público Federal, que investiga e dá andamento às denúncias.