Auxílio emergencial até 2021 é defendido pelo presidente da Magazine Luiza

O presidente da rede Magazine Luiza, Frederico Trajano alegou em uma live que é notável o estímulo no varejo causado pelo auxílio emergencial. Segundo ele, o auxílio emergencial foi a melhor medida anticíclica do mundo e deveria ser mantida até 2021. Recentemente, Bolsonaro (sem partido) confirmou a prorrogação do auxílio até dezembro de 2020.

“O governo deve fazer a lição de casa para manter esse auxílio que se provou uma medida absolutamente efetiva e acertada”, afirmou Trajano. De acordo com ele, ano que vem será ainda mais desafiado que 2020, já que haverá risco fiscal. “Sem fazer reforma administrativa, tributária e [sem] acelerar a agenda das privatizações é difícil ter recursos para manter esse [auxílio emergencial] que foi a principal medida anticíclica do mundo”.

Agora, o governo brasileiro reafirma que o auxílio não poderá ser mantido a R$ 600. Nos bastidores, integrantes do governo afirmam que prorrogação deve ser com parcelas de R$ 300 até dezembro de 2020. O valor ainda não foi fechado pela equipe econômica. Guiada por Paulo Guedes, ministro da Economia, o valor inicial sinalizado para a prorrogação foi de R$ 200.

Avalie este artigo