Mais 800 mil tiveram o benefício emergencial aprovado e devem ajudar economia

Essa semana a DataPrev divulgou que mais 800 mil pessoas foram aprovadas para receber o benefício emergencial no valor de  R$600,00. A nova lista de aprovados já foi enviada à Caixa Econômica para a liberação dos valores. Até o momento, mais de 66 milhões de pessoas foram aprovadas.

No último lote, 1.842.434 solicitações foram analisadas, todas feitas entre os dias 23 de abril e 19 de julho. Ainda existem  903.719 de cadastros que considerados inconclusivos e que precisa que as informações sejam completadas pelo site ou aplicativo. Por fim, ainda há 123.007 solicitações sendo analisadas pela Dataprev.

Até o dia 28 de julho, 65,3 milhões de beneficiários já receberam um total de R$ 136,3 bilhões, segundo a Caixa Econômica. Segundo Ricardo Karam,  economista entrevistado pelo Correio Brazilienze, o benefício é responsável por movimentar e estimular recursos, aumentando demanda e consequentemente, oferta.

De acordo com o professor, uma das vantagem do benefício para a população mais vulneráveis e pobres é que provavelmente 100% dos recursos serão utilizados. O dinheiro não será guardado, e sim utilizado. O consumo gera produção e que gera emprego. Devido a isso, ele avalia o benefício emergencial como uma maneira inteligente de aquecer a economia brasileira.

Na sua visão, o benefício emergencial de R$600,00 evitará o colapso econômico e que algumas regiões tenham o seu comércio paralisado completamente durante o surto do novo coronavírus. Até o momento, 99,92% das solicitações já foram concluídas pela Dataprev.

Avalie este artigo