Lucro do FGTS será distribuído para alguns trabalhadores

O conselho curador do FGTS liberou a distribuição de R$7,5 bilhões do lucro do ano de 2019, para os trabalhadores. Os valores serão pagos aos cotistas com crédito em conta em 31 de dezembro de 2019Os depósitos serão feitos em 31 de agosto.

O conselho informou que havendo a distribuição do lucro do FGTS, o rendimento anual do fundo chegará a 4,9%, que ultrapassa à inflação do ano passado, que foi de 4,31%. Com isso, os trabalhadores terão ganhos reais. percentual se refere ao rendimento anual do fundo somando à distribuição do lucro.

Para comparação, o investimento mais optado pelos brasileiros,  a poupança, rendeu aproximadamente 4,26% em 2019. No ano passado, o lucro total do fundo totalizou R$ 11,3 bilhões. Também em 2019, o governo federal distribuiu 100% do lucro do FGTS aos trabalhadores.

Ao criar as novas modalidades de saque do FGTS, o governo incluiu na medida provisória que 100% do lucro do FGTS passaria a ser distribuído aos beneficiários. Entretanto, o presidente Bolsonaro vetou essa parte do texto. Com isso, o conselho curador do fundo precisou manter a obrigação de determinar o valor a ser distribuído anualmente.

De acordo com o despacho do presidente, publicado no Diário Oficial da União para justificar os vetos, o governo desistiu da medida a pedido do Ministério do Desenvolvimento Regional. Segundo a pasta, a distribuição total do lucro do FGTS iria prejudicar os recursos do Programa Minha Casa, Minha Vida para a população mais pobre.