Concurso Instituto Federal 2017: Edital para todos os níveis! Até R$9.572,67

Está em andamento o concurso do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (Concurso Instituto Federal 2017 – Técnicos Administrativos e Professor). De acordo com o edital publicado, serão oferecidas 65 vagas em diversos cargos. Os salários oferecidos pelo Instituto Federal oscilam entre R$2.292,69 e R$9.572,67, já incluso o auxílio-alimentação no valor de R$458,00. Os aprovados ainda terão direito ao auxílio transporte e assistência suplementar à saúde.

O concurso destina-se ao provimento de cargos atualmente vagos, que vierem a vagar ou que forem criados dentro do prazo de validade do Concurso Público previsto neste Edital, para alocação nas diversas unidades do Instituto Federal. Os Técnicos Administrativos, em geral, terão missão de planejar, organizar, executar ou avaliar as atividades inerentes ao apoio técnico-administrativo ao ensino; II – planejar, organizar, executar ou avaliar as atividades técnico-administrativas inerentes à pesquisa e à extensão no Instituto Federal; III – executar tarefas específicas, utilizando-se de recursos materiais, financeiros e outros de que o Instituto Federal disponha, a fim de assegurar a eficiência, a eficácia e a efetividade das atividades de ensino, pesquisa e extensão do Instituto Federal.

Já o Professor terá missão de participar da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino; elaborar e cumprir plano de trabalho, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino; zelar pela aprendizagem dos alunos; estabelecer estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento; ministrar os dias letivos e horas-aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional; colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade.

Cargos e Vagas Concurso Instituto Federal Técnicos Administrativos e Professor

Para Professor, as oportunidades são destinadas aos cargos de Música (13), Atendimento Educacional Especializado (14), Matemática (2), História (2), Língua Inglesa (2), Meio Ambiente (4) e Cooperativismo (2).

Já para técnicos, as vagas são para Analista de Tecnologia da Informação (5), Economista (1), Engenheiro Eletricista (1), Médico Veterinário (2), Relações Públicas (1), Assistente em Administração (2), Revisor de texto Braile (10), Técnico em Alimentos e Laticínios (2), Técnico em Contabilidade (1) e Assistente de Aluno (1).

O cargo de Analista de Tecnologia da Informação terá missão de desenvolver e implantar sistemas informatizados, dimensionando requisitos e funcionalidades do sistema, especificando sua arquitetura, escolhendo ferramentas de desenvolvimento, especificando programas, codificando aplicativos; entre outros. Já o Economista terá que analisar o ambiente econômico; elaborar e executar projetos de pesquisa econômica, de mercado e de viabilidade econômica, dentre outros.

O Bibliotecário terá que disponibilizar informação; gerenciar unidades como bibliotecas, centros de documentação, centros de informação e correlatos, além de redes e sistemas de informação; tratar tecnicamente e desenvolver recursos informacionais; entre outros. Segue as demais atribuições dos cargos:

Médico Veterinário: praticar clínica médica veterinária em todas as suas especialidades; contribuir para o bem-estar animal; podem promover saúde pública; exercer defesa sanitária animal; desenvolver atividades de pesquisa e extensão; entre outros;

Relações Públicas: estruturar estratégias de projeto; pesquisar o quadro econômico, político, social e cultural; desenvolver propaganda e promoções; implantar ações de relações públicas e assessoria de imprensa; entre outros;

Assistente em Administração:  dar suporte administrativo e técnico nas áreas de recursos humanos, administração, finanças e logística; atender usuários, fornecendo e recebendo informações; entre outros;

Revisor de Texto e Braille: revisar textos escritos no sistema Braille; utilizar corretamente nas adaptações gráficas, o sistema Braille, por extenso e abreviado, bem como os códigos de notações de matemática, física, química, demais ciências exatas; entre outros;

Técnico em Alimentos e Laticínios: planejar o trabalho de processamento, conservação e controle de qualidade de insumos para a indústria alimentícia de alimentos e laticínios; participar de pesquisa para melhoria, entre outros;

Técnico em Contabilidade: Identificar documentos e informações, atender à fiscalização e proceder à consultoria Executar a contabilidade geral, operacionalizar a contabilidade de custos e efetuar contabilidade gerencial; entre outros;

Assistente de Alunos: Assistir e orientar os alunos no aspecto de disciplina, lazer, segurança, saúde, pontualidade e higiene, dentro das dependências escolares. Assistir o corpo docente nas unidades didático-pedagógicas com os materiais necessários e execução de suas atividades; entre outros.

Conteúdo das Provas

Técnico Administrativo – Conhecimentos Básicos:

LÍNGUA PORTUGUESA: 1. Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2. Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3. Domínio da ortografia oficial. 3.1. Emprego das letras. 3.2. Emprego da acentuação gráfica. 4. Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1. Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e outros elementos de sequenciação textual. 4.2. Emprego/correlação de tempos e modos verbais. 5. Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1. Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.2. Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.3. Emprego dos sinais de pontuação. 5.4. Concordância verbal e nominal. 5.5. Emprego do sinal indicativo de crase. 5.6. Colocação dos pronomes átonos. 6. Reescritura de frases e parágrafos do texto. 6.1. Substituição de palavras ou de trechos de texto. 7. Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da Presidência da República). 7.1. Adequação da linguagem ao tipo de documento. 7.2. Adequação do formato do texto ao gênero;

RACIOCÍNIO LÓGICO: 1. Estruturas lógicas. 2. Lógica de argumentação: analogias, inferências, deduções e conclusões. 3. Lógica sentencial (ou proposicional). 3.1. Proposições simples e compostas. 3.2 Tabela verdade. 3.3. Equivalências. 3.4. Leis de De Morgan. 3.5. Diagramas lógicos. 4. Lógica de primeira ordem. 5. Princípios de contagem e probabilidade. 6. Operações com conjuntos;

NOÇÕES DE INFORMÁTICA: 1. Noções de sistema operacional (ambientes Linux e Windows). 2. Edição de textos, planilhas e apresentações (ambientes Microsoft Office e LibreOffice). 3. Redes de computadores. 3.1. Conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Internet e intranet. 3.2. Programas de navegação (Microsoft Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome e similares). 3.3. Sítios de busca e pesquisa na Internet. 3.4. Redes sociais. 3.5. Computação na nuvem (cloud computing). 4. Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas. 5. Segurança da informação. 5.1. Procedimentos de segurança. 5.2. Noções de vírus, worms e pragas virtuais. 5.3. Aplicativos para segurança (antivírus, firewall, anti-spyware etc.). 5.4. Procedimentos de backup. 5.5. Armazenamento de dados na nuvem (cloud storage); e

LEGISLAÇÃO DO SERVIÇO PÚBLICO: 1. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. 1.1. Princípios fundamentais. 2. Direitos e garantias fundamentais. 2.1. Direitos e deveres individuais e coletivos, direitos sociais, direitos de nacionalidade, direitos políticos, partidos políticos. 3. Administração Pública. 3.1. Disposições gerais, servidores públicos. 4. Noções de organização administrativa. 4.1. Centralização, descentralização, concentração e desconcentração. 4.2. Administração direta e indireta. 4.3. Autarquias, fundações, empresas públicas e sociedades de economia mista. 5. Agentes públicos. 5.1. Legislação pertinente. 5.1.1. Lei nº 8.112/1990 e suas alterações. 6. Poderes administrativos. 7. Responsabilidade civil do Estado. 8. Ética no Setor Público. 8.1. Decreto nº 1.171/1994 (Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal). 9. Processo administrativo. 9.1. Lei 9.784/1999 e suas alterações. 10. Improbidade Administrativa. 10.1. Lei 8.429/1992 e suas alterações. 11. Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação – PCCTAE (Lei nº 11.091/2005) e suas alterações. 12. Lei de criação dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (Lei nº 11892/2008).

Professor – Conhecimentos Básicos:

LÍNGUA PORTUGUESA: 1. Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2. Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3. Domínio da ortografia oficial. 3.1. Emprego das letras. 3.2. Emprego da acentuação gráfica. 4. Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1. Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e outros elementos de sequenciação textual. 4.2. Emprego/correlação de tempos e modos verbais. 5. Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1. Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.2. Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.3. Emprego dos sinais de pontuação. 5.4. Concordância verbal e nominal. 5.5. Emprego do sinal indicativo de crase. 5.6. Colocação dos pronomes átonos. 6. Reescritura de frases e parágrafos do texto. 6.1. Substituição de palavras ou de trechos de texto. 7. Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da Presidência da República). 7.1. Adequação da linguagem ao tipo de documento. 7.2. Adequação do formato do texto ao gênero; e

LEGISLAÇÃO DO SERVIÇO PÚBLICO E EDUCACIONAL: 1. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. 1.1 Dos Princípios Fundamentais. 1.2 Da Educação, da Cultura e do Desporto. 2 Agentes públicos. 2.1 Legislação pertinente. 2.1.1 Lei nº 8.112/1990 e suas alterações. 3. Ética no Setor Público. 3.1 Decreto nº 1.171/1994 (Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal). 4. Processo administrativo. 4.1. Lei 9.784/1999 e suas alterações. 5. Improbidade Administrativa. 5.1. Lei 8.429/1992 e suas alterações. 6. Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal – (Lei nº 12.772/2012) e suas alterações. 7. Lei de criação dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia – (Lei nº 11.892/2008). 8. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – (Lei 9.394/1996).

Inscrição

As inscrições no concurso serão realizadas entre 02 de março e 02 de abril de 2017, no site (concursos.ifbaiano.edu.br). A taxa de inscrição oscila entre R$ 60,00 e R$ 150,00. O candidato somente terá sua inscrição efetivada após a informação referente a confirmação do pagamento da respectiva GRU ter sido enviada pelo agente bancário e ter sido recebida pelo IF Baiano.

O candidato poderá solicitar isenção do pagamento da taxa de inscrição, no período compreendido entre o dia 02 de março de 2017 até as 23horas e 59 minutos do dia 02 de abril de 2017, considerando-se o horário de Salvador, devendo para tal preencher o Requerimento de Inscrição, informando que deseja solicitar isenção do pagamento da taxa de inscrição, preenchendo o Número de Identificação Social (NIS) e indicando que é membro de família de baixa renda.

Provas

O concurso será composto de provas objetivas, prova discursiva e desempenho didático. As avaliações objetivas serão aplicadas na data prevista de 07 de maio de 2017. A validade do concurso será de dois anos, mas pode ser prorrogado por igual período.

As avaliações objetivas serão aplicadas na data prevista de 07 de maio de 2017 e terá duração de 04 horas. No caso de técnico administrativo, o candidato será desclassificado o candidato que pontuar abaixo de 40% em Conhecimentos Gerais (Língua Portuguesa, Legislação do Serviço Público, Raciocínio Lógico e Noções de Informática) e 60% em Conhecimentos Específicos. Além disso, será desclassificado o candidato que zerar quaisquer uma das disciplinas da prova (Língua Portuguesa, Legislação do Serviço Público, Raciocínio Lógico, Noções de Informática e Conhecimentos Específicos).

No caso de docente, as provas objetivas e discursivas serão realizadas na cidade de Salvador-BA, no período a ser informado no cronograma no endereço eletrônico concursos.ifbaiano.edu.br, na página do concurso. As provas objetivas e discursivas ocorrerão na data provável de 11 de junho de 2017 e o tempo de duração será de 6h.

82 thoughts on “Concurso Instituto Federal 2017: Edital para todos os níveis! Até R$9.572,67

Deixe um comentário